Em noite de gala em Nova York, Sergio Moro posa ao lado do ex-prefeito João Doria. Imagem foi registrada 14 dias depois de o juiz da Lava Jato ter declarado que se “arrependeu” da foto em que aparece aos risos com Aécio Neves

João Doria (PSDB) e Sergio Moro confraternizam em noite de gala em Nova York

Em noite de gala em Nova York, Sergio Moro deixou-se fotografar ao lado do ex-prefeito João Doria (PSDB). Ambos estavam acompanhados de suas esposas e pareciam muito confortáveis.

A imagem foi registrada nesta terça-feira (15), quatorze dias depois de o juiz da Lava Jato ter declarado que se arrepende da foto em que aparece aos risos na companhia do senador Aécio Neves.

João Doria foi rápido em jogar as imagens no seu Facebook. Pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, o político assinalou:

“Noite especial aqui em NY ao lado de duas pessoas que admiro: ex-prefeito de NY, Michael Bloomberg e o Juiz Sergio Moro, homenageados no ‘Person of the Year Awards’ (Personalidade do Ano), prêmio que também tive a honra de receber no ano passado.”

Em seu discurso, Sergio Moro disse ter refletido sobre a conveniência de aceitar o convite. “Juízes devem atuar com modéstia e humildade (sic)”, disse ele. Dirigindo-se a uma plateia composta de empresários e banqueiros, Moro declarou que só aceitou a homenagem por se tratar de algo que partiu da iniciativa privada. Enxergou no gesto um reconhecimento do setor privado à importância do combate à corrupção.

Moro se arrependerá de novo?

Para o jornalista Josias de Souza, é possível que nos próximos anos o juiz da Lava Jato declare numa entrevista qualquer que se arrependeu da pose ao lado de Doria.

“É possível que Moro considere difícil definir recato. Mas a coisa é mais simples do que parece. Funciona como a gravidez. Assim como nenhuma mulher pode estar um pouquinho grávida, um juiz também não pode ser um pouco recatado. Ou é ou não é”, disse.

Não foi a primeira vez que Sergio Moro posou ao lado de João Doria. Em 2015, o juiz federal participou de evento promovido pelo político tucano. Na época, o jornalista Paulo Nogueira comentou a imagem:

“Sergio Moro detém um enorme poder em suas mãos neste momento. Juízes devem transmitir uma imagem de imparcialidade, ou viram políticos de toga. E a foto é a completa negação disso. No plano do simbolismo, ela aparece como uma aliança entre Moro e as forças que Dória representa, num primeiro nível, o seu partido, o PSDB, e num nível mais profundo, a plutocracia […] O único real amigo de um juiz é a Justiça. Mas não parece ser este o entendimento de Moro, a julgar pela foto infame. A foto de Moro com Doria é um triste retrato destes tempos no Brasil. Não exatamente por Dória, um político em campanha. Mas por Sergio Moro”

João Doria, aliás, é uma das figuras públicas que mais direcionam ataques verbais a Lula, em claras demonstrações de ódio. O ex-presidente está preso em Curitiba por ordem de Sergio Moro.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Fonte: Pragmatismo Politico
Sergio Moro Posa Ao Lado De João Doria Em Nova York